Arquivo da tag: bolsas

Cabe tudo numa bolsa?

Chanel 2.55: foi, é e será. Fonte: http://www.filmefashion.tv

Por que as mulheres usam bolsas com tanta naturalidade e nutrem tanto carinho por esses objetos que às vezes parecem fazer parte de seus próprios corpos? Difícil responder de forma clara e objetiva, mas uma coisa é certa, o uso das bolsas pelas mulheres tornou-se cada vez mais constante quando essa passou a freqüentar diariamente o espaço público.

Quanto mais tempo a mulher passa fora de seu lar, mais necessário torna-se esse item que virou loucura fashion no século XX. Afinal qual a função da bolsa para quem não sai de casa? O item em questão tem por função primária transportar outros objetos. Quando acompanhamos a moda desde 1900 até os dias atuais notamos sua presença cada vez mais constante e em tamanhos cada vez mais ampliados conforme a mulher vai ganhando espaço no mercado de trabalho.

Há algumas temporadas vimos a invasão das maxi-bolsas como reflexo da necessidade feminina de carregar “a casa” pra todos os lugares. A febre por bolsas imensas baixou, mas ainda é difícil convencer muitas mulheres a carregar somente o necessário em bolsas mínimas. Essas ficam reservadas apenas para os dias especiais, quando, enfim, abrimos mão dos mil itens que julgamos tão essenciais em nosso dia-a-dia.

O ditado popular diz que uma mulher prevenida vale por duas. Onde mais ficaria contida tanta prevenção senão em uma bela bolsa? Sua bolsa pode ser Chanel, Gucci, Louis Vuitton, ou não ter nome nenhum, mas com certeza ela está lá, sempre presente e fiel ao seu lado.

Colaboração de Cristina Garbelotto

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Como? Ideias de moda

Colin Lin reinventa moda de papel

A designer taiwanesa Colin Lin teve uma grande idéia ao reutilizar jornais antigos para elaborar criações interessantes, como bolsas e sapatos politicamente corretos.

Colin Lin usa o jornal para fazer moda. Fonte: Associated Press

Há um ano atrás, ao se deparar com a matéria prima (folhas de jornais), Lin deu ao material um destino mais digno e proveitoso. Acabou montando uma empresa de calçados ecologicamente corretos.

A designer já vendeu cerca de 4 mil pares de sapato, e não somente para o mercado nacional, como também para os Estados Unidos e a Europa. Todo este “frisson” acontece porque as peças, além de serem o “must have” do momento, tornam-se cada vez mais tendência entre os “eco-friendly”.

O trabalho é feito de forma artesanal e leva cerca de 4 horas para ficar pronto. Os sapatos podem custar cerca de US$ 150; já as bolsas são mais elaboradas e sua confecção leva de 2 a 3 dias; custam cerca de US$ 260.

Colaboração de Carla Palmieri

Deixe um comentário

Arquivado em Como? Ideias de moda